Skip to content

Não seja um brasileiro “slogan”

setembro 2, 2012
Não seja um brasileiro “slogan”
Olá, caros amigos brasileiros, redijo este texto analisando os fatos atuais ocorridos. Venho através do mesmo, expressar o meu inconformismo como brasileiro, com o conformismo do “brasileiro que nunca desiste”, ou seja, “o brasileiro slogan”.
Observando um trabalhador braçal, pagando sua conta na casa lotérica, com a expressão de “cansado da vida”, fiquei a pensar, se ele está cansado por que não faz nada pra modificar sua situação? Por que não age? Qual a motivação q falta para esse brasileiro dar uma guinada em sua vida? Essas são perguntas que ficam no ar, e que talvez não necessitem de respostas, mas sim na mudança da atitude dos indivíduos.
Quero expor a vocês, o aumento abusivo que vem ocorrendo em certos impostos q pagamos. Apresento a vcs uma tabela com os valores do imposto “Seguro obrigatório DPVAT” para veículos da categoria 9 (09- Ciclomotor motoneta e motocicleta triciclo) cobrados nos anos de 2008 a 2004.
 

 

 

Valor          Aumento / ano seguinte

R$ 93      +- 4%

R$ 96      +- 43%

R$ 137      +- 35%

R$ 184      +- 40%

R$ 255     –

    Ano
    2004
    2005
    2006
    2007
    2008
Para quem quiser conferir os valores podem encontrar no site :
Percebam que de 2005 pra frente o aumento sobre o imposto foi de uma média de 40% sobre o valor do ano anterior. Isso é um roubo a todos nós brasileiros, e nós não só assistimos a isso sentados, como pagamos o imposto ao governo. Não me lembro agora do fato, mas se não me engano foi na França, teve um ocorrido, não faz muitos anos em q o governo francês mudou algo na legislação , e os franceses por sua vez não concordaram com a decisão e fizeram greve geral, o que resultou em o governo francês voltar na sua decisão que até então havia descontentado o povo.
Diz o ditado popular que os motoqueiros são unidos… se são, então pq não fazem uma greve geral, ao invés de se matar de trabalhar, pra conseguir dinheiro pra pagar o imposto e seu inescrupuloso aumento?
Eu não sou motoqueiro , mas assim como todos q possuem veículos automotores , tb pago esses impostos. Observe, sempre q há um acidente de moto , os outros motoqueiros próximos se mobilizam, um exemplo é a união dos motoboys da cidade de São Paulo. Agora explique, os mesmos ficam revoltados com a nova lei de transito, q obriga o uso de capacetes com selo do imetro e faixas reflexivas, todavia , apenas vão as lojas comprar os capacetes e ficam reclamando. Pq não se mobilizam e fazem algo? Não seria um tanto quanto efetivo?
Não seria mais fácil? e uma forma de protesto se todos não pagassem o seguro “obrigatório”? (inclusive os que possuem carros) , pois o valor deste não é tão alto, mas o imposto é o mesmo!
Por que não podemos agir como exemplo dos franceses, ou de alguma outra forma eficiente?
Quanto subira em 2009? +40% ? Pagaremos, quietos, R$ 350,00 por um seguro que sequer tem muita eficiência para nós? Quanto mais teremos que ser roubados para agir?
Até quando aceitaremos isso?
E como assim “seguro obrigatório”? Eu como brasileiro, não participei de nenhum plebiscito, ou votação , ou sequer assinei algo concordando em pagar um imposto, quanto mais obrigatório. Mas como no Brasil pagamos muitos impostos e ninguém se queixa, eles injetam mais um “obrigatório” nos apertados orçamentos familiares de cada pai de família, por que pensam e sabem que o brasileiro é alienado e ira pagar mesmo. Os ricos não se incomodam, porque lhes sobra dinheiro pra pagar, aliás, diga-se de passagem, dinheiro q nós estamos pagando pra eles através de todos esses impostos. Não é de hoje que não concordo com a cobrança de certos impostos, e também a forma e valores q são cobrados. Esses dos veículos automotores, me faz descontente desde que possuo habilitação, só que ate então , nunca havia dito nada.
Ressalto mais uma vez, não quero por em questão o pagamento destes impostos , apesar de já estar pondo, além do que, nós pagamos muitos outros. Todavia, é inevitável tocar em tal assunto e não por em questão muitos outros correlacionados. A questão em si que desejo enfatizar, é o comportamento do brasileiro mediante a tudo isso.
Deveríamos cobrar por votações em certas coisas e não simplesmente deixar os políticos criarem leis absurdas e abusivas de nosso povo. Não tenho muito conhecimento pra falar sobre a origem das coisas. Mas com o fim do cpmf (imposto bancário sobre valores circulados em suas contas), quem garante que eles não precisam arrecadar fundos de outros lugares? (“para fóruns”, a questão em si não é discutir o “CPMF” ou coisa e tal, mas sim a atitude do brasileiro mediante a tudo isso)
É incrível ver a capacidade, que o povo brasileiro tem de se tornar uma nação e se unir em época de copa do mundo (Prof Nailor que o diga). Porque tb não nos unimos em casos assim e em muitos outros que há por aí? Se nosso povo tem capacidade de se tornar uma nação unida e guerreira, por que não o fazemos? Não vamos deixar q seja apenas em nosso hino nacional, por que de povo heróico, no momento, há somente no hino mesmo. Não seja como aquele brasileiro burro, q não desiste nunca, todavia ao mesmo tempo não “larga a banana” , não tenta mudar de vida , assim como o trabalhador “braçal”  cansado da vida.
Não só isso , mas também, alem desse imposto, outros q estão relacionados a veículos q pagamos anualmente são: IPVA, Seguro OBRIGATORIO DPVAT, e Licenciamento.
Analisem!
IPVA= imposto de veiculo automotor. Sua efetividade? Duvidosa.
Seguro OBRIGATORIO DPVAT,danos pessoais veículos automotores. Sua efetividade? Ínfima.
Pense, se realmente a pessoa quer um seguro contra danos pessoais, fica mais barato e bem melhor procurar um plano de saúde e uma seguradora, com esse valor de R$ 255 , da pra pagar um plano de saúde e um bom seguro contra danos pessoais. Alguns alegarão , mas caso o indivíduo morra em acidente o governo tem q dar assistência a família. Sim, mas tanto o valor e os benéficos do seguro não estão adequados. Não deveria ser obrigatório, e sim optativo ou pelo menos um valor ínfimo e não esse abuso. Todavia, no caso do Brasil, se for optativo , poucos brasileiros pagarão, daí então o governo conclui “deve ser obrigatório” para a massa toda pagar.
Licenciamento. Sua efetividade? Na maior parte tirar dinheiro do povo.
Vejam! Quando se possui um carro esse ainda passa pela “vistoria” , mas e a moto? A moto nem vistoria tem, apenas pagamos por mais uma taxa sem sequer ter beneficio de nada. Daí uns dizem , mas é pra controlar as placas e veículos roubados etc e tal, tudo bem . Mas o valor não esta um pouco alto? Cada vez sobe mais (isso é inevitável , mas está demais)…
Então vc, meu caro amigo, colega brasileiro, se vc é um desses brasileiros que tb não concorda com o conformismo do “brasileiro que nunca desiste”, passe esse texto adiante, quem sabe mais pessoas passem a pensar como nós, e como muitas outras que há por aí, nesse imenso e rico país que é o nosso Brasil.
Quem sabe assim, “hoje” consigamos formar uma nação para tudo, e não só para copa do mundo. Quem sabe assim, o Brasil deixará de ser um sonho e será realidade. Deixará de ser “o país do futuro” e será “o país do presente”. Por que, caso contrário meu amigo, o Brasil deixará de ser “o país do futuro” e passará a ser “o país do só furo”.
Conto com vc, juntos mudaremos a cara desse país e faremos jus ao nosso hino  de pátria amada, idolatrada e povo heróico. Daí então, há de ser ouvir o brado retumbante de um povo heróico e unido!
Autor: Jeferson Fujisawa
.
Anúncios

From → Uncategorized

Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: